Fig 1. Campanha Educação Sanitária
Fig 1. Campanha Educação Sanitária

Esgoto Tratado Resulta em Saúde e Qualidade de Vida

Publicado em 05/12/2018

O lançamento indiscriminado do esgoto, o qual é formado pela água utilizada nas atividades diárias, como lavar a louça, roupas, tomar banho, dar descargas pode acarretar em diversos problemas. Além da água servida, o esgoto contém dejetos e, se não receber o tratamento adequado, contamina o meio ambiente e prejudica a saúde pública. Por isso, o tratamento de esgoto é um serviço tão importante para a qualidade de vida da população.

Nas localidades como Recursolândia que ainda não dispõe de esgotamento sanitário coletivo a comunidade possui como alternativa o uso de Fossas Sépticas com Sumidouro que trata-se de uma forma eficiente de tratar o esgoto domiciliar gerado em residências, comércios, e outros. A ausência do tratamento de esgoto promove a convivência da comunidade com seus próprios dejetos, principalmente quando estes são lançados ao ar livre, em fossas, geralmente mal construídas, valas negras ou diretamente nos córregos.

O contato com o esgoto agrava o risco de inúmeras doenças, como: poliomelite, hepatite A, giardíase, disenteria amebiana, diarréia por vírus, febre tifóide, febre paratifóide, diarréias e disenterias bacterianas (como a cólera), ancilostomíase (amarelão), ascaridíase (lombriga), teníase, cisticercose, filariose (elefantíase), esquistossomose, etc. As doenças relacionadas à ausência de tratamento de esgoto afetam pessoas de todas as idades, mas as crianças são as mais prejudicadas com o problema. 

O esgotamento sanitário é responsabilidade de todos, bem como preservar o meio ambiente o qual se estar inserido.


img_alt
img_alt