Semana mundial da compostagem

Semana mundial da compostagem

A Semana Mundial da Compostagem é comorada entre os dias 03 a 09 de maio. A compostagem é conhecida como o processo de reciclagem do lixo orgânico, transformando a matéria orgânica encontrada no lixo em adubo natural, que pode ser usado na agricultura, em jardins e plantas, substituindo o uso de produtos químicos.

Produzir uma composteira doméstica pode ser uma ótima opção para quem quer dar um melhor fim para o lixo orgânico e contribuir para o meio ambiente. Para fazer uma composteira você deve adotar os seguintes passos:

Passo 1: Escolha do local adequado: A composteira deve ficar em local arejado. É preciso ficar atento para que ela não fique exposta ao sol, à chuva e ao vento

Passo 2:  Monte a "cama" das minhocas: Forre o fundo das duas caixas digestoras com húmus de minhoca.

Passo 3: Alimente as minhocas: Para alimentar as minhocas não é necessário que se dê alimentos frescos. Você pode dar a elas folhas secas, borra de café, casca de banana e de outros alimentos como batata, mandioca, maçã e outros vegetais não cítricos e apimentados - tudo em pequenos pedaços.

Passo 4: Introdução dos resíduos: Coloque os resíduos orgânicos amontoados em um canto da composteira (não espalhados pela caixa) e cubra-os completamente com serragem. Além da serragem, você pode usar como matéria seca grama, folhas e palha, que proporcionam o equilíbrio na relação carbono/nitrogênio na compostagem doméstica. Mas não coloque folhas muito grossas que impossibilitem a passagem do ar, pois dessa forma você vai evitar a oxigenação do ambiente e as minhocas acabarão morrendo. 

Passo 5: Produto final: Para coletar os húmus - produto da compostagem - coloque a caixa cheia da composteira à luz do dia, para que as minhocas se escondam. Como as minhocas são fotossensíveis, esta técnica facilita a retirada dos húmus. Tire até deixar uns dois ou três dedos de terra para servir de "cama" novamente para as minhocas. Este composto é usado como adubo orgânico, já que é uma grande fonte de nutrientes e de matérias orgânicas estabilizadas, podendo recuperar solos degradados.

Para retirar o chorume líquido que fica na última caixa debaixo, basta abrir a torneira de modo que ele caia no recipiente que você usará para armazená-lo. Se dissolvido em uma parte de água você pode borrifar nas folhas das plantas para afastar insetos indesejados (mas cuidado com a abelhas, elas são importantes). Esse método você deve usar à noite ou quando o sol estiver baixo, pois em contato com o chorume, a luz solar pode queimar as folhas.

Se dissolvido em dez partes de água, o chorume pode ser usado como fertilizante natural.


Imprimir